Segunda a Sexta 09:00 - 19:00

Instituto Português de Cirurgia Plástica 

+351 925 227 377
info@davidrasteiro.pt 


Tratamentos / Face

Rinoplastia

A cirurgia plástica da rinoplastia é um procedimento efetuado na pirâmide nasal de forma a melhorar a estética do nariz e a respiração de um paciente. Na rinoplastia, elementos como o tamanho, a projecção e o ângulo labionasal são medidas que, quando aperfeiçoadas, podem alterar o nariz e como consequência proporcionar uma face totalmente diferente. A nível estético, na rinoplastia as áreas mais frequentemente tratadas são o dorso e a ponta nasal. Para uma rinoplastia com vista a um objectivo mais funcional existem várias patologias que podem interferir com a função respiratória como o desvio do septo nasal e a hipertrofia dos cornetos e pólipos nasais. A cirurgia plástica ao nariz é um procedimento praticamente indolor. A maioria dos pacientes submetidos a rinoplastia sentirá mais desconforto do que dor.

Em média uma rinoplastia dura sensivelmente 3 horas, um período que varia de acordo com a deformidade que pretendemos corrigir, sendo utilizada uma anestesia geral ou sedação no paciente. Uma cirurgia como a rinoplastia implica um período curto de internamento, de 1 dia apenas. Caso haja hábitos tabágicos é importante que não fume pelo menos dois meses antes de realizar uma rinoplastia, uma vez que o tabagismo aumenta os riscos de complicações.

Ao nível do pós-operatório de uma rinoplastia é possível que tenha algum edema e equimoses à volta dos olhos, que irão passar numa semana. Se forem realizadas osteotomias da pirâmide nasal, necessitará de um tala que deverá usar durante uma semana. Após este período deverá ter cuidado com qualquer traumatismo facial especialmente nas primeiras seis semanas.

Na rinoplastia o resultado definitivo é atingido no mínimo ao fim de seis meses devido ao ligeiro edema do nariz após a cirurgia, que demora a passar. Durante o processo de recuperação poderá regressar ao trabalho ao fim de 1 semana e a actividade física poderá ser retomado ao fim de 5 a 6 semanas.

Otoplastia

A cirurgia da otoplastia permite a correcção de deformidades na orelha externa, tal como as orelhas em abdução, vulgarmente chamadas “orelhas-de-abano”. A causa é genética e pode ou não ser hereditária. Este problema estudado pela cirurgia plástica e estética atinge tanto homens como mulheres e pode ser fonte de grande desconforto desde tenra idade por ser bastante visível.

A otoplastia pode ser realizada em crianças mas é um facto que muitas pessoas chegam à idade adulta com este problema, talvez por desconhecimento da existência desta cirurgia. Existem inúmeras técnicas associadas à otoplastia, no entanto, o objectivo é sempre o mesmo em qualquer técnica: orelhas bem posicionadas junto à cabeça e que esse resultado seja definitivo. A otoplastia é uma cirurgia que dura cerca de 90 minutos sendo que a anestesia é realizada a nível local. No caso de o paciente ser uma criança é aplicada anestesia geral.

Quando realizada uma otoplastia, não existe a necessidade de internamento. No caso de fumadores é extremamente importante que não fume pelo menos 3 a 4 semanas antes de realizar a otoplastia.

No fim de uma otoplastia, o paciente sai com um penso à volta da cabeça. Ao fim de alguns dias este é trocado por uma fita que protege as orelhas e que deverá ser utilizado por um período de 3 a 4 semanas, incluindo à noite. Este período pode ser adaptado caso a caso, sendo que poderá regressar ao trabalho no dia seguinte à cirurgia. Um paciente submetido a uma otoplastia deve no entanto evitar a prática de desportos de contacto por um período mínimo de 3 meses. Esta é uma cirurgia estética onde a cicatriz será praticamente invisível, localizada atrás da orelha, e cujos resultados são vitalícios.

Blefaroplastia

A blefaroplastia ou cirurgia da pálpebra é um procedimento cirúrgico que consiste no rejuvenescimento das pálpebras através da excisão de pele e gordura da pálpebra superior.

É aqui que a blefaroplastia atua já que é frequente que, com a passagem do tempo, alguma pele se vá acumulando na pálpebra superior, o que confere um ar pesado e envelhecido. Com o agravar da situação, esse excesso de pele pode mesmo levar a dificuldades de visão, sobretudo quando olha para cima. No caso da pálpebra inferior aquilo que notamos são as “bolsas de gordura” por baixo dos olhos e o excesso de pele que levam a uma aparência menos jovem.

A cirurgia da blefaroplastia dura em média 1 hora sendo realizada através de anestesia local. Não se trata de uma cirurgia que obrigue a internamento. A blefaroplastia não remove as rugas dos cantos dos olhos nem eleva as sobrancelhas. Para tal existem outros procedimentos realizados pelo cirurgião plástico como a aplicação de toxina botulínica ou o lifting das sobrancelhas que podem ser conjugados com a bleferoplastia. As incisões são colocadas de forma a serem o menos perceptíveis possível, nas pregas naturais dos olhos. No início a cicatriz pode ficar ligeiramente avermelhada. No entanto, ao fim de três meses, as cicatrizes são imperceptíveis na grande maioria dos casos.

Sendo uma cirurgia sob anestesia local, não há necessidade de realizar jejum previamente à cirurgia. É importante que no dia da realização da blefaroplastia não tenha colocado maquilhagem e não tenha qualquer infeção ocular, como por exemplo, uma conjuntivite. Como cuidados pós-operatórios é importante que nos primeiros dias aplique gelo localmente e durma com mais uma almofada que o habitual para elevar a cabeça e que mantenha os pequenos adesivos colocados bem secos. Após a cirurgia poderá voltar ao trabalho ao final de 4 ou 5 dias. A seguir a este período inicial pode retomar as suas actividades sociais sem quaisquer problemas. Mesmo em termos desportivos, o período de inatividade é menor que o habitual para outras cirurgias e poderá recomeçar a sua actividade física ao fim de 3 semanas.

Facelift

O facelift é uma cirurgia de rejuvenescimento total da face e/ou do pescoço. O facelift permite restituir volume em zonas que perderam preenchimento e minimizar as marcas de envelhecimento, fazendo recuar o tempo. Quando queremos um verdadeiro rejuvenescimento e correção dos estigmas do envelhecimento como as pálpebras caídas, diminuição do volume do terço médio, desaparecimento do contorno mandibular ou laxidão do pescoço, só podemos pensar num facelift completo sendo realizado por um cirurgião plástico certificado e devidamente apto para esta cirurgia. A cirurgia do facelift dura em média 4 horas, sendo um procedimento clínico realizado sob anestesia local com sedação ou sob anestesia geral.

Geralmente, um paciente submetido a um facelift fica internado apenas 1 dia. A cicatriz de um facelift localiza-se à volta do pavilhão auricular e é dificilmente visível aos 6 meses. Os resultados de um facelift são permanentes. No caso de fumadores é extremamente importante que não se fume pelo menos dois meses antes de realizar esta cirurgia uma vez que o tabagismo acresce os riscos de complicações.

A recuperação de um facelift dura cerca de 1 ou 2 semanas. No período pós-operatório pode haver algum desconforto devido ao edema, mas não é expectável que haja dor. Os cuidados de massagem e a atenção à cicatriz são fundamentais para obter um bom resultado.

Quando realiza esta cirurgia estética normalmente ao fim de 10 a 15 dias poderá regressar ao seu trabalho, sendo que a actividade física poderá ser retomada ao fim de 5 a 6 semanas.

Lift Frontal

O lift frontal é uma cirurgia estética que permite o rejuvenescimento do terço superior da face, ou seja, a região frontal e o posicionamento das sobrancelhas. Com a passagem do tempo nota-se uma queda progressiva das sobrancelhas sobre os olhos. Esta marca da idade pode ser contrariada através de um lifting do supracílio. O objectivo desta cirurgia é rejuvenescer o olhar, conferindo um aspecto mais jovem ao paciente. A duração desta cirurgia é de 90 minutos sendo realizada apenas sob anestesia local ou associando uma sedação. O lift frontal é um procedimento realizado em regime ambulatório, sendo a cicatriz imperceptível uma vez que é camuflada pelo cabelo.

A vantagem do lift frontal é que não carece de cuidados pós-operatórios. Um paciente submetido a um lift frontal pode regressar ao trabalho ao fim de 3 ou 4 dias e recomeçar a sua actividade física ao fim de 4 semanas.

Lipofilling

O lipofiling na face consiste na aplicação de gordura na face. Esta é uma cirurgia estética que permite restituir o volume, estrutura e definição perdidos devido ao envelhecimento. Durante a realização de um lipofiling são colocadas pequenas quantidades de gordura em zonas específicas da face a tratar como as maçãs do rosto, as olheiras ou mesmo os lábios. Normalmente um lipofiling tem uma duração variável entre os 60 e os 90 minutos, sendo uma cirurgia estética realizada sob anestesia local ou local com sedação.

Trata-se de uma cirurgia que não implica internamento sendo realizada em regime ambulatório. Deve no entanto ter alguns cuidados pós-operatórios nomeadamente a utilização de uma cinta na região lipoaspirada e realizar drenagens linfáticas na face e na área lipoaspirada. Num lipofiling não existem quaisquer tipos de cicatrizes associadas.

No caso de pacientes fumadores que queiram realizar um lipofiling é recomendável que não fumem, pelo menos, durante as 3 a 4 semanas que antecedem o procedimento cirúrgico.

O período de recuperação de um lipofiling é também simples. Pode voltar ao trabalho ao fim de 4 a 5 dias, podendo retomar a actividade física ao fim de 3 a 4 semanas.

Bichectomia

A bichectomia é uma cirurgia que consiste na redução do volume das bochechas por remoção da chamada Bola de Bichat. Esta bola de gordura localiza-se na parte inferior das bochechas e é particularmente grande em crianças mas tende a diminuir com a idade.

Ainda assim, existem pessoas que mantêm essa gordura na fase adulta, mesmo sem apresentar excesso de peso, o que as incomoda pois um rosto mais redondo tende a ter uma aparência mais pesada e infantil. A bichectomia é uma nova tendência no ramo da cirurgia plástica uma vez que procura dar a um paciente um rosto mais fino, delineado e com as maçãs do rosto bem definidas.

A realização de uma bichectomia demora cerca de 40 minutos sendo uma cirurgia realizada sob anestesia local com sedação. No entanto esta cirurgia não implica internamento podendo o paciente regressar a casa no próprio dia da cirurgia. A incisão realizada durante uma bichectomia é intra-oral pelo que não se verifica qualquer cicatriz. Como em outros casos cirúrgicos referidos no meu site, em pacientes fumadores é recomendável que não tenha hábitos tabágicos, pelo menos, durante as 3 a 4 semanas que antecedem o procedimento cirúrgico. Não carece de cuidados pós-operatórios pelo que o paciente submetido a uma bichectomia pode voltar ao trabalho ao fim de 3 a 4 dias e retomar a sua actividade física ao fim de 3 semanas.

Tem alguma dúvida?

Entre em contacto.